Ministro do STJ se aposenta e vai estagiar no escritório de Advocacia de seu filho

Divulgação STJjose_delgado.jpg

Os ministros da 1ª Seção do STJ prestaram uma homenagem ontem (28) ao ministro José Delgado, que participou pela última vez da sessão de julgamento do colegiado. O ministro irá se aposentar no dia 05 de junho de 2008, dois dias antes de completar 70 anos, idade para aposentadoria compulsória.

Emocionado, o decano da 1ª Seção agradeceu a homenagem. Agradeceu principalmente a Deus, pelo sucesso na carreira, pelas amizades que fez ao longo da vida e, em especial, pela família que construiu.

O ministro José Delgado deixa a magistratura depois de 43 anos na carreira, com mais de 172 mil decisões proferidas. Começou essa longa trajetória aos 26 anos, como juiz estadual no Rio Grande Norte. Foi juiz federal e juiz do TRF da 5ª Região, antes de se tornar ministro do STJ em dezembro de 1995.

Em nenhum momento passou pela cabeça do ministro José Delgado ficar parado depois de se aposentar. Ele já decidiu que vai iniciar uma nova carreira. “Encerro minha carreira na magistratura com o mesmo ânimo com que comecei. Irei descansar três dias. A minha aposentadoria sairá no dia 5, numa quinta-feira, irei descansar sexta-feira, no sábado e no domingo. Mas na segunda-feira, ás 8hs, pretendo começar uma nova vida, sendo estagiário de meu filho que é advogado” - disse ele, segundo publica o site oficial do tribunal, determinado a começar a nova carreira da mesma forma que fez em 1962, como estagiário, que na época era chamado de “solicitador”, como lembrou o ministro Castro Meira.